Estilo Próprio

Há algum tempo o banheiro já ganhou importância dentro do projeto da casa. A escolha do revestimento define a personalidade do banheiro e pode deixar o espaço ainda mais funcional. Esta escolha é parte essencial na busca por tornar o ambiente também uma área de estar. Existem opções infinitas de combinações para valorizar o banheiro..

A compra das pastilhas pela proprietária do banheiro criado pela arquitetas Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli, foi o ponto de partida pois ela queria que o banheiro da suíte fosse colorido. Escolheu vários tipos de pastilha e a solução foi criar um painel no box. O balcão em madeira clara deu leveza ao banheiro.

Painel de pastilhas de vidrotil na área do box e o restante do banheiro branco para não "brigar"com o painel

Painel de pastilhas de vidrotil na área do box e o restante do banheiro branco para não “brigar”com o painel

A cerâmica cor-de-rosa em formato de diamante deu o tom feminino do banheiro projetado pelo escritório Forma 011. A escolha do revestimento foi o pronto de partida e como ele é bem marcante, foi usado somente na parede da pia e no box. Os metais escolhidos em tom de cobre criam um ar vintage ao banheiro, que recebeu porcelanato que imita concreto, no piso. Para dar um aspecto “roots” para este banheiro, o armário embaixo da pia foi feito com OSB, painéis de madeira normalmente usados em tapumes.

A cerâmica Diamond, da Decortiles, revestiu as paredes e deu um ar feminino que contrasta com o piso de porcelanato e a meia parede de box em concreto

A cerâmica Diamond, da Decortiles, revestiu as paredes e deu um ar feminino que contrasta com o piso de porcelanato e a meia parede de box em concreto

Pastilhas de vidro foram a opção escolhida pela arquiteta carioca Paula Neder, para este banheiro. Na intenção de buscar inspiração na paisagem sem que fosse nos objetos de decoração, que seria muito previsível, escolheu então o revestimento de Vidrotil azul.

Este banheiro, no Rio, tem parede revestida em pastilhas em degradê da Vidrotil e banheira da Sabbia branca que contrastam mto bem entre si

Este banheiro, no Rio, tem parede revestida em pastilhas em degradê da Vidrotil e banheira da Sabbia branca que contrastam mto bem entre si

O Studio Ro+ca encontrou no revestimento a solução para criar um banheiro com fácil manutenção e de estilo minimalista, como o apartamento. Nas paredes foram instaladas placas de vidro verde e na bancada e interior do box nanoglass, uma superfície cristalizada de vidro, feita para ter brilho, espelhado e ser durável. Gabinete embaixo da bancada para organizar os produtos muito clean para valorizar ainda mais o revestimento. O espelho foi aplicado em um nicho de inox que também serve como apoio para pequenos frascos.

Placas de vidro verde da Ekko revestem as paredes do box. Louças e metais modernos da Vallvé

Placas de vidro verde da Ekko revestem as paredes do box. Louças e metais modernos da Vallvé

As arquitetas Silvana Nogueira e Andrea Dinelli acharam na madeira a forma de realizar o desejo da cliente de ter um banheiro rústico. O piso de porcelanato facilita a manutenção e a peroba de demolição no painel e no gabinete deu o ar rústico desejado. Importante nunca esquecer do tratamento de impermeabilização na madeira! 

O banheiro ficou clean mas também muito sofisticado!

Piso em porcelanato da Portobello, bancada de limestone, painel e gabinete em madeira com tratamento para umidade

Piso em porcelanato da Portobello, bancada de limestone, painel e gabinete em madeira com tratamento para umidade

O banheiro criado pelo escritório Casa 100 arquitetura, foi feito nos tons de azul para combinar com os outros ambientes deste apartamento. A cor predomina nos azulejos decorados e no gabinete em laca feito pela HDS Marcenaria. Box com piso de madeira de demolição e paredes com revestimento de cimento queimado dão um ar moderno e também contrastam bastante com a cor azul.

Paredes revestidas em azulejos portugueses. Pis do box em madeira de demolição que cria um efeito lindo junto com as cores dos azulejos

Paredes revestidas em azulejos portugueses. Piso do box em madeira de demolição que cria um efeito lindo junto com as cores dos azulejos

 

ZAGDICAS

Prós e contras dos revestimentos

  • Mármore – É um material nobre e pode ser cortado no tamanho necessário, ou seja, seu ambiente ficará livre de emendas. Por ser poros, mancha com facilidade. Qualquer produto com corante pode danificar permanentemente a superfície. A manutenção deve ser feita com vassoura de pelo macio, para evitar riscos, e pano úmido com detergente neutro diluído em água.
  • Cerâmica – Ë fácil de limpar, não mancha e é resistente. A manutenção pode ser feita com água ou pano umedecido com produtos específicos para o material. As peças de tamanhos limitados, ainda que o mercado ofereça tamanhos grandes, portanto, não há como fugir será preciso usar rejuntes que acumulam sujeira e mofo.
  • Pastilha – Com muitas opções de cores e texturas, é de fácil manutenção. São bastante resistentes ao contato com a água. Pode ser necessário trocar uma ou outra peça que venha a se soltar.
  • Ladrilho Hidráulico – Tem inúmeras opções de desenhos e combinações de cores, o que permite personalizar a decoração. É preciso aplicar uma resina após a instalação para que fique impermeável. Produtos com coro podem manchar as peças.
  • Madeira – Proporciona sensação de aquecimento, deixando o ambiente mais acolhedor. Deve passar por tratamento de impermeabilização, para que não estrague em contato com a água.
DestaquesInterioresWork

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *